Radiologia Brasileira - Publicação Científica Oficial do Colégio Brasileiro de Radiologia

AMB - Associação Médica Brasileira CNA - Comissão Nacional de Acreditação
Idioma/Language: Português Inglês

Vol. 37 nº 3 - May / June  of 2004

REVIEW ARTICLE
Print 

Page(s) 207 to 210

Thymus: ultrasound characterization

Autho(rs): Carmen Silvia Cerqueira do Val Fausto, Maria Cristina Chammas, Osmar de Cássio Saito, Márcio Ricardo Taveira Garcia, Adriana Gonçalves Juliano, César Augusto Simões, Giovanni Guido Cerri

PDF Português

Texto em Português English Text

Keywords: Thymus, Ultrasound, Neck ultrasound

Descritores: Timo, Ultra-sonografia, Ultra-sonografia cervical

Abstract:
The thymus is a small gland which is responsible for the production of T-lymphocytes. This organ is larger during the gestation period and can extend into the neck and present different anatomic variants. Ultrasound can identify the thymus via suprasternal, parasternal and sternal approaches, and through the neck when its position is atypical. During adolescence, ultrasound evaluation of the thymus is more difficult due to its involution and reduction in size, and interposition of the lung. The appearance of normal thymus is typical on the ultrasound and produces a unique echo pattern that is less echogenic than the normal thyroid gland with multiple echogenic lines and foci, representing a cross section of either a connective-tissue septum or a blood vessel within a septum. Recognition of normal thymic tissue can be very important in order to avoid unnecessary investigations or surgery of a normal thymus mimicking an abnormal mass.

Resumo:
O timo é uma pequena glândula responsável pela produção de linfócitos T, importante na resposta imunitária do organismo. É órgão relativamente grande no período perinatal e pode estender-se superiormente, atingindo o pescoço, com variantes anatômicas. É possível identificar o timo normal, por meio da ultra-sonografia, pelo acesso supra-esternal, paraesternal e esternal e também na região cervical quando em localização atípica. A partir do início da puberdade, devido à sua involução com diminuição progressiva do seu tamanho e porque o pulmão aerado se interpõe entre o timo e o feixe sonoro, a sua visualização é mais difícil. O padrão da ecotextura normal tímica é característica: hipoecogênico em relação ao parênquima normal da tireóide e apresenta múltiplas estruturas ecogênicas lineares e focais, dispersas pelo parênquima, que correspondem aos septos e vasos sanguíneos. O reconhecimento pela ultra-sonografia de tecido tímico pode ser importante para evitar investigações desnecessárias ou cirurgias num timo normal que mimetiza massa patológica.

Available only in Portuguese

 
RB RB RB
GN1© Copyright 2020 - All rights reserved to Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem
Av. Paulista, 37 - 7° andar - Conj. 71 - CEP 01311-902 - São Paulo - SP - Brazil - Phone: (11) 3372-4544 - Fax: (11) 3372-4554